Categorias
News

Volta ao Algarve: Rádio Popular-Boavista apresentou o melhor coletivo

A Rádio Popular-Boavista terminou a 41ª Volta ao Algarve como a melhor equipa portuguesa da competição. A equipa axadrezada foi a 11ª clasificada entre 22 equipas presentes na prova

. Na geral, o melhor classificado foi Alberto Gallego, no 23º lugar, a 5m27s do vencedor da prova, Geraint Thomas, da Team SKY.

“Da minha parte só tenho a dizer que estou satisfeito com a minha prestação, a partida tinha como objetivo ganhar ritmo para próximas competições e isso foi alcançado. Numa ou outra etapa podia ter feito melhor, mas por um ou outro detalhe não foi possível… de resto estou contente com o meu estado de forma, é aceitável para o início do ano” referiu César Fonte, 47º da geral individual.

Obrigado pelo apoio demonstrado esta semana na estrada e nas redes sociais! Força Rádio Popular-Boavista!!! Contem connosco para as próximas corridas!
‪#‎voltaaoalgarve‬ ‪#‎radiopopular‬ ‪#‎melhorequipaportuguesa‬
CLASSIFICAÇÕES

[5ª etapa] Tavira – Vilamoura, 184,9 km
1º Andre Greipel
63º Nuno Bico
79º Alberto Gallego
83º Daniel Silva
109º César Fonte
111º Rui Sousa
114º David Rodrigues
157º Samuel Magalhães

Geral individual final
1º Geraint Thomas
23º Alberto Gallego, 5m27s
47º Cesar Fonte, 9m53s
50º Nuno Bico, 10m26s
93º Daniel Silva, 27m15s
113º David Rodrigues, 30m24s
157º Rui Sousa, 40m18s
161º Samuel Magalhães, 42m27s

FOTO: JAF (João Fonseca)/UVP-FPC

Categorias
News

Algarve: Rádio Popular-Boavista é a melhor equipa portuguesa

A Rádio Popular-Boavista é a melhor equipa portuguesa da Volta ao Algarve ocupando o nono lugar entre as 22 equipas presentes na competição.

Cumprida a etapa rainha da prova, com a chegada ao Malhão, a formação boavisteira manteve o protagonismo dos ultimos dias numa prova dominada pelos esquadrões ProTour. Frederico Figueiredo desistiu vítima de gastroenterite.

“Temos feito uma boa Volta ao Algarve, mas etapa de hoje foi muito longa e nos últimos 50 quilómetros, pelas circunstância de corrida não podemos alimentar convenientemente os ciclistas. A classificação coletiva é importante mas valorizo, sobretudo, o que temos evidenciado na estrada. É um sinal que a equipa se preparou bem para este início de temporada e isso é o fundamental”, avaliou o diretor-desportivo José Santos.

‪#‎voltaaoalgarve‬ ‪#‎radiopopular‬ ‪#‎melhorequipaportuguesa‬

[4ª etapa] Almodôvar-Malhão, 216 km
1º Richie Porte
19º Alberto Gallego, 1m06s
47º Nuno Bico, a 4m37s
53º César Fonte, a 5m04s
77º Rui Sousa, a 16m07s
127º Daniel Silva, mt
142º David Rodrigues, a 16m23s
161º Samuel Magalhães, a 16m48s
D: Frederico Figueiredo

Geral individual após a 4ª etapa
24º Alberto Gallego, a 5m27s
48º César Fonte, a 9m53s
52º Nuno Bico, a 10m26s
96º Daniel Silva, a 27m15s
116º David Rodrigues, a 30m24s
163º Rui Sousa, a 40m18s
164º Samuel Magalhães, mt

Categorias
News

Dia de contrarrelógio na Volta ao Algarve

Entre Vila do Bispo e o Cabo São Vicente (Sagres) o melhor foi o alemão Tony Martin

O alemão Tony Martin (Etixx-QuickStep), campeão mundial da especialidade entre 2011 e 2013 venceu o contrarrelógio da Volta ao Algarve, ao impôr-se em Sagres após 19 quilómetros a solo. Entre os axadrezados, o melhor foi Alberto Gallego, 85º, a 2m12s do vencedor, seguido pelo estreante Samuel Magalhães, 100º, a 2m27s. Na geral, Gallego é agora o melhor classificado da Rádio Popular-Boavista, no 50º lugar.

[3ª etapa] Vila do Bispo-Cabo São Vicente, 19 km C/R

1º Tony Martin (Etixx-Quickstep)
85º Alberto Gallego, 2m12s
100º Samuel Magalhães, 2m27s
108º Daniel Silva, 2m35s
121º César Fonte, 2m47s
127º Frederico Figueiredo, 2m53s
149º David Rodrigues, 3m21s
154º Nuno Bico, 3m40s
166º Rui Sousa, 4m18s

Geral individual após a 3ª etapa
1º Geraint Thomas (SKY)
50º Alberto Gallego, 4m30s
55º César Fonte, 4m58s
67º Nuno Bico, 5m58s
89º Daniel Silva, 11m17s
90º Frederico Figueiredo, 11m35s
108º David Rodrigues, 14m10s
163º Samuel Magalhães, 23m39s
168º Rui Sousa, 24m20s
‪#‎voltaaoalgarve‬ ‪#‎radiopopular‬

 

FOTO: JAF (João Fonseca)/UVP-FPC

Categorias
News

Alberto Gallego foi o único “português” em fuga

A segunda etapa da Volta ao Algarve, com final em Monchique, coroou o galês Geraint Thomas (SKY), novo líder da Volta ao Algarve ao cabo de uma jornada dominada por estrangeiros.

Primeiro foi a fuga de Marcel Sieberg (Lotto-Soudal) , Andreas Schillinger (Bora-Argon 18), Fabricio Ferrari (Caja Rural-Seguros RGA), Wesley Kreder (Team Roompot) e Ivan Balykin (RusVelo) que vingou durante 160 kms. Seguidamente foi a vez de Bakhtivar Kozhatayev (Astana), Jonathan Castroviejo (Movistar), Ian Boswell (Sky), Phil Gaimon (Optum) e… Alberto Gallego (Rádio Popular), o único “português” entre os forasteiros. A iniciativa lançada a 25 quilómetros do risco resistiu até aos últimos 12 quilómetros quando a aceleração dos mais fortes lançou Geraint Thomas na discussão da etapa e da Volta ao Algarve.

CLASSIFICAÇÕES
1º Geraint Thomas (SKY)
46º César Fonte, a 2m04s
59º Nuno Matos, a 2m04s
64º Alberto Gallego, a 2m04s
93º Daniel Silva, a 8m28s
96º Frederico Figueiredo, a 8m28s
108º David Rodrigues, a 10m35s
163º Rui Sousa, a 19m16s
167º Samuel Magalhães, a 19m16s

Geral individual
1º Geraint Thomas (SKY)
44º César Fonte, a 2m14s
62º Nuno Matos, a 2m21s
63º Alberto Gallego, a 2m21s
92º Frederico Figueiredo, a 8m45s
93º Daniel Silva, a 8m45s
105º David Rodrigues, a 10m52s
165º Rui Sousa, a 20m05s
168º Samuel Magalhães, a 21m15s

 

CLASSIFICAÇÕES COMPLETAS
http://www.procyclingstats.com/race/Volta_ao_Algarve_em_Bicicleta_2015_Stage_2_Monchique

Categorias
News

Samuel Magalhães foi um dos heróis do dia na Volta ao Algarve

No pelotão mais internacional do ano em Portugal, o jovem estreante Samuel Magalhães foi um dos heróis da etapa inaugural da 41.ª Volta ao Algarve.

O rolador da Rádio Popular-Boavista integrou a fuga do dia com mais três elementos – João Benta (Louletano), Mario Gonzalez (Active Jet) e Joni Brandão (Efapel) – que dominou a etapa desde os quilómetros iniciais e a iniciativa conjunta, aliada a uma boa colaboração entre os escapados forneceu à fuga o combustível para alcançar quase oito minutos de avanço para o pelotão. A escapada, contudo, começou ver reduzida a sua vantagem após a contagem de montanha de 3ª categoria e acabou condenada à primeira passagem por Albufeira, depois dos esforços persecutórios das mais equipas com mais forte possibilidades aos sprint – neste “campeonato”, a Etixx-QuickStep e a Lotto-Sousal foram as mais interessadas em anular a iniciativa. Na previsível chegada ao sprint, Gianni Meersman (Etixx) foi o mais forte, repetindo o triunfo conseguido em 2012. O melhor classificado da Rádio Popular-Boavista na etapa foi César Fonte, no 18º lugar, segundo melhor português do pelotão.

“Preparei bem a Volta ao Algarve com o objetivo de entrar em fuga e estrear-me da melhor maneira com a camisola da Rádio Popular-Boavista. Tive sorte pois entrei na fuga que formou ao primeiro ataque. Com um pelotão deste nível é quase impossível tentar discutir ganhar uma etapa se não for desta forma. No final, estamos todos bastante desgatados. Foi um dia difícil, com muito vento, mas foi um dia feliz para mim que me estreio na Volta ao Algarve e, ao mesmo tempo, como profissional”, declarou Samuel Magalhães, o mais jovem atacante do dia que cortou o risco na 166ª posição, a 1m51s do vencedor.

CLASSIFICAÇÕES
1º Gianni Meersman (Etixx-QuickStep)
18º César Fonte, mt
67º Frederico Figueiredo, a 7s
92º David Rodrigues, a 7s
104º Alberto Gallego, a 7s
107º Nuno Bico, a 7s
116º Daniel Silva, a 7s
134º Rui Sousa, a 39s
166º Samuel Magalhães, a 1m51s

Geral individual
1º Gianni Meersman (Etixx-QuickStep)
19º César Fonte, a 10s
70º Frederico Figueiredo, a 17s
95º David Rodrigues, a 17s
107º Alberto Gallego, a 17s
110º Nuno Matos, a 17s
119º Daniel Silva, a 17s
137º Rui Sousa, a 49s
163º Samuel Magalhães, a 1m59

CLASSIFICAÇÕES COMPLETAS
http://www.procyclingstats.com/race/Volta_ao_Algarve_em_Bicicleta_2015_Stage_1_Albufeira