Categorias
News

César Fonte foi o “rei” da montanha no GP Liberty Seguros

A vitória de César Fonte na classificação da montanha do 7.º GP Liberty Seguros – Troféu Sudoeste Costa Vicentina foi a nota dominante da participação da Rádio Popular-Boavista no fim-de-semana competitivo que encerrou o ciclo de quatro competições Cyclin’Portugal Algarve. O “rei da montanha” do 7.º GP Liberty Seguros fez a diferença na segunda etapa, com partida e chegada a Odemira, amealhando a única classificação UCI conquistada por uma equipa portuguesa findos dois dias de intensa competição que, na análise, de José Santos, poderiam ter tido outro desfecho.

“Fomos a equipa que mais mexeu e atacou a corrida, procurando dar a volta à classificação na única etapa que se adaptava às nossas características. Estranha foi a resposta de algumas equipas portuguesas que substituiram-se aos blocos estrangeiros que estavam melhor classificados na perseguição”, ressalvou o responsável. Especialmente ativos no decorrer dos 187,6 quilómetros da segunda etapa estiveram os “axadrezados” Alberto Gallego, Frederico Figueiredo e César Fonte, presentes nas principais ofensivas da ligação.

O triunfo final foi pertença do melhor jovem em prova, Ruben Guerreiro, da Axeon, que atacou a cerca de 10 quilómetros do risco para a vitória e destronou o polaco Pawel Bernas (ActiveJet) que defendia a camisola amarela. O melhor classificado da Rádio Popular-Boavista – a oitava formação entre os 22 conjuntos que alinharam na primeira etapa, em Sines – foi César Fonte, na 19.ª posição.

O Cyclin’Portugal Algarve, conjunto de quatro provas internacionais disputadas no Algarve – Volta ao Algarve, Clássica Loulé Cidade Europeia do Desporto, Troféu Alpendre Internacional do Guadiana, 7.º Grande Prémio Liberty Seguros – Troféu do Sudoeste e Costa Vicentina – encerrou um primeiro ciclo de competições da temporada. A 33.ª edição da Volta ao Alentejo é a competição que se segue, com arranque na próxima semana – 25 a 29 de março – e cinco etapas em disputa para um total de 804,6 quilómetros.
CLASSIFICAÇÕES
2ª etapa: ODEMIRA – ODEMIRA, 187,6 km
1.º Ruben Guerreiro (Axeon) 4h31m06s

19.º César Fonte a 12s
32.º Alberto Gallego a 17s
39.º Frederico Figueiredo a 28s
41.º Célio Sousa mt
42.º Rui Sousa mt
56.º Ricardo Ferreira mt
66.º Vergilio Santos mt
(ab) Daniel Silva

Geral individual
1.º Ruben Guerreiro (Axeon) 9h35m39s
19.º César Fonte a 24s
36.º Alberto Gallego a 29s
38.º Frederico Figueiredo a 40s
39.º Célio Sousa mt
40.º Rui Sousa mt
51.º Rui Sousa a 13m31s
59.º Vergílio Santos mt

EQUIPAS
1.ª Axeon Cycling

8.ª Rádio Popular-Boavista

MONTANHA
1.º César Fonte

Classificações completas: http://goo.gl/ErUq3f

 

Categorias
News

Fuga surpreendeu pelotão no Troféu Alpendre

Samuel Magalhães, na 19.ª posição, foi o elemento melhor classificado da primeira etapa do 25.º Troféu Alpendre Internacional do Guadiana, corrida que terminou com a vitória do espanhol Jordi Simon, do Team Equador.

Simon atacou ao quinto quilómetro de prova na companhia de Hernâni Broco (LA-Antarte) para liderarem a corrida até ao fim. A equipa da Rádio Popular-Boavista mostrou-se interveniente ao longo da corrida procurando, sobretudo, não permitir aos escapados uma vantagem que sentenciasse a corrida no termo da primeira etapa. Assim, a corrida pela camisola amarela permanece em aberto, na segunda etapa, a disputar este domingo ao ao longo de 163 quilómetros com partida (10h50) e chegada a Alcoutim (14h40).

CLASSIFICAÇÕES COMPLETAS

Guia da Prova Rádio Popular-Boavista

CLASSIFICAÇÕES
1ª etapa – 156 km
Alpendre-Vila Nova de Cacela
Média de 42.254 km/h

1.º Jordi Simon (Team Ecuador), 3h40m57s (Média: 42,254 km/h)
2.º Hernâni Broco (LA Alumínios-Antarte), a 9s
3.º Ryan Anderson (Optum p/b Kelly Benefit Strategies), a 16s

19.º Samuel Magalhães (Rádio Popular-Boavista),mt
23.º Nuno Matos (Rádio Popular-Boavista) mt
31.º David Rodrigues (Rádio Popular-Boavista) mt
32.º César Fonte (Rádio Popular-Boavista) mt
33.º Frederico Figueiredo (Rádio Popular-Boavista) mt
49.º Alberto Gallego (Rádio Popular-Boavista) mt
66.º Ricardo Ferreira (Rádio Popular-Boavista) a 1m21s
109º Rui Sousa (Rádio Popular-Boavista) a 11m09s

Geral individual
1.º Jordi Simon (Team Ecuador), 3h40m43s
2.º Hernâni Broco (LA Alumínios-Antarte), a 11s
3.º Ryan Anderson (Optum p/b Kelly Benefit Strategies), a 26s

19.º Samuel Magalhães (Rádio Popular-Boavista), a 30s
23.º Nuno Matos (Rádio Popular-Boavista) mt
31.º David Rodrigues (Rádio Popular-Boavista) mt
32.º César Fonte (Rádio Popular-Boavista) mt
33.º Frederico Figueiredo (Rádio Popular-Boavista) mt
49.º Alberto Gallego (Rádio Popular-Boavista) mt
66.º Ricardo Ferreira (Rádio Popular-Boavista) a 1m35s
109º Rui Sousa (Rádio Popular-Boavista) a 11m23s

Equipas
1ª Team Ecuador
8ª Radio Popular-Boavista a 16s

FOTO: UVP-FPC/FOTO JAF

Categorias
News

Rádio Popular-Boavista no pódio da Clássica de Loulé

César Fonte foi segundo classificado da Clássica Internacional Loulé – Cidade Europeia do Desporto apenas suplantado pelo canadense Michael Woods (Optum p/b Kelly. Alberto Gallego foi o rei da montanha e a Rádio Popular-Boavista voltou a ser a melhor equipa portuguesa

A Rádio Popular-Boavista terminou a Clássica Internacional Loulé – Cidade Europeia do Desporto, hoje disputada na distância de 158,5 quilómetros como a melhor equipa portuguesa tendo tido destaque, a nível individual, o segundo lugar de César Fonte na classificação final, apenas suplantado pelo canadense Michael Woods (Optum p/b Kelly Benefit Strategies) que atacou para o triunfo isolado a nove quilómetros da meta em Loulé. César Fonte não foi, no entanto, o único elemento da Rádio Popular-Boavista no pódio da competição já que o espanhol Alberto Gallego, aproveitando a rodagem da Volta ao Algarve, evidenciou-se ao conquistar a geral da montanha depois de liderar a corrida com um fuga que vingou até às portas de Loulé. A corrida foi ainda marcada por um engano dos perseguidores nos quilómetros finais que poderia ditar outro resultado para a formação axadrezada.

“Fizemos uma boa corrida. Estivemos em vantagem númerica em todas das fugas e atacamos sempre. Vencemos a montanha por intermédio do Alberto Gallego, que foi quem mais atacou a corrida, e alcançamos o segundo lugar que poderia ter sido o primeiro dado que houve um engano do grupo que perseguia e que estava prestes a alcançar o fugitivo. Nunca se saberá qual poderia ter sido o resultado mas este tipo de incidentes de corrida prejudica sempre os que perseguem e beneficia quem já segue na frente. A resposta da equipa foi muito positiva”, resumiu o diretor-desportivo José Santos.

Já César Fonte, segundo classificado, também evidencia a classificação como um “resultado positivo”. “Houve um pequeno engano no grupo que perseguia que acabou por me desfavorecer muito pois vinhamos a recuperar terreno na perseguição. Apesar de tudo, foi um resultado positivo que valorizo após ter sofrido uma queda no início da prova e por ter sido uma corrida dura. Essa dureza acabou por ser favorável às minhas características pois todo o pelotão vinha desgastado e nem todos tinham forças para sprintar. Estou a apostar nos meses de março e abril e para já as sensações são boas. Agora há que curar as feridas e regressar à luta pelos primeiros lugares já na próxima corrida”, resumiu o vianense.

Na classificação por equipas, a Rádio Popular-Boavista foi a segunda classificada entre os 18 conjuntos participantes e, tal como na Volta ao Algarve, voltou a ser a melhor equipa portuguesa.

A próxima competição da Rádio Popular-Boavista decorre no próximo fim de semana, dias 7 e 8 de março, com a disputa do 25.o Troféu Alpendre Internacional do Guadiana, competição igualmente integrada no programa Cyclin’Portugal Algarve.


FOTOS: UVP/JAF

CLASSIFICAÇÕES
LOULÉ a LOULÉ (158.5 Km)
Média do vencedor da etapa: 40.115 Km/h
1º Michael Woods (Optum p/b Kelly Benefit Strategies) 3h57m04s
2º César Fonte (Rádio Popular-Boavista) a 10s
3º Jesse Anthony (Optum p/b Kelly Benefit Strategies) mt
14º David Rodrigues (Rádio Popular-Boavista) a 12s
17º Daniel Silva (Rádio Popular-Boavista) mt
20º Alberto Gallego (Rádio Popular-Boavista) a 32s
25º Samuel Magalhães (Rádio Popular-Boavista) a 38s
67º Ricardo Ferreira (Rádio Popular-Boavista) a 13m29s
68º Célio Sousa (Rádio Popular-Boavista) mt
79º Vergílio Santos (Rádio Popular-Boavista) mt

Classificação da Montanha
1º Alberto Gallego (Rádio Popular-Boavista)

Classificação por equipas
1ª Optum p/b Kelly Benefit Strategies
2ª Rádio Popular-Boavista a 25s