Categorias
News

Campeonato Nacional: Protagonistas desde o arranque

David Rodrigues foi o melhor classificado da RP-Boavista na prova do fundo dos Campeonatos Nacionais de Elite, hoje disputada no Circuito do Sameiro, em Braga.

O natural da Guarda, na sua estreia na categoria, foi 15º classificado do circuito de 11 voltas (177 km) conquistado pelo ex-campeão mundial Rui Costa. Terminaram ainda a corrida, Célio Sousa (20.º) e Daniel Silva (22.º). Tal como na véspera, com o triunfo do axadrezado Nuno Bico na corrida sub-23, desde a primeira hora equipa da Radio Popular-Boavista lançou homens na frente da corrida. Frederico Figueiredo atacou na primeira volta – na companhia dos adversários Edgar Pinto, Bruno Silva e Joaquim Silva – e a sua iniciativa vingou até à sétima volta. César Fonte foi de seguida a aposta axadrezada, mas o vianense não aguentou a perseguição da Lampre, ao serviço de Rui Costa. Numa prova com uma dureza raras vezes vistas em Campeonatos Nacionais, disputada sobre intenso calor, os abandonos multiplicaram-se. Rui Sousa foi uma das vítimas da desidratação e, com caibras, foi forçado a desistir.
Em Espanha, o nosso representante Alberto Gallego esteve em bom plano nos Nacionais do país vizinho, ao alcançar a 13.ª posição numa corrida conquistada pelo espanhol Alejandro Valverde.

Categorias
News

Nuno Bico é CAMPEÃO NACIONAL SUB23

Nuno Matos “Bico”, o mais jovem do plantel da Radio Popular-Boavista sagrou-se esta tarde campeão nacional sub-23 no duro circuito do Sameiro, em Braga. O viseense que fará 21 anos a 3 de julho pôde por fim mostrar todas as potencialidades que o identificam com um dos novos valores do ciclismo português alcançando o primeiro título nacional (Estrada) da sua carreira, dominando a por completo a principal corrida do ano no seu escalão. “Bico” atacou na primeira das oito voltas do percurso de 144,9 quilómetros e, daí em diante rodou sempre na frente de corrida, ainda que inicialmente na companhia de mais cinco atacantes. Numa verdadeira corrida de eliminação nas rampas da subida ao Bom Jesus e ao Sameiro, “Bico” atacou para se isolar após a sexta passagem pela meta, a duas voltas do final. A jovem pantera foi ganhando tempo à concorrência liderada por Ruben Guerreiro e no final festejou um título há muito procurado.
Nuno Matos concluiu os 144,9 Km em 4 horas 07 segundos 36 segundos. Ruben Guerreiro chegou 6 minutos 35 segundos depois e é o vice campeão nacional.
“O triunfo começou a ser desenhado logo na primeira volta. Tentei sair ao choque na primeira subida para ver se alguém ficava para trás. No final da primeira passagem éramos apenas sete na frente da corrida, a duas voltas e meia do final passámos a três. Como percebi que o Ruben Guerreiro tinha feito um esforço extra para chegar à frente, aproveitei para acelerar um pouco. Não ataquei propriamente, mas foi o suficiente para deixar os adversários para trás”, reconheceu o novo campeão nacional.
Depois do triunfo de Nuno Bico, único representante da RP-Boavista na corrida sub-23, este domingo é a vez dos Elites entrarem em acção com o circuito de 11 voltas, num total de 117,1 km.
Parabéns CAMPEÃO!
‪#‎somoscampeoes‬ ‪#‎nunobico‬ ‪#‎rpboavista‬ ‪#‎nacionais2015‬

Os "momentos" da vitória de Nuno Bico Fotos: PODIUM | http://www.volta-portugal.com/etapas/phps/fotos.php?etapa=3

Posted by Rádio Popular ONDA Boavista on Sábado, 27 de Junho de 2015

Categorias
News

Nacionais de contrarrelógio: Daniel Silva foi quinto, Rui Sousa 11.º

Daniel Silva foi quinto classificado do campeonato nacional de contrarrelógio cujo título foi disputado hoje em Tenões, Braga.

Na prova individual de 36 quilómetros, correspondentes a quatro voltas ao mesmo circuito, Daniel Silva tirou proveito da sua rodagem da participação na prova francesa da Route du Sud para somar a melhor representação do dia para a Radio Popular-Boavista. O pódio do nacional de contrarrelógio foi dominado pelos “emigrantes” Nélson Oliveira (Lampre), que revalidou o título do ano passado, Tiago Machado (Katusha) e José Mendes (Bora Argon 18). Daniel Silva cumpriu a distância demorando mais 2m09s do que o vencedor.
Rui Sousa, também em representação da RP-Boavista foi 11.º classificado, num resultado dentro do esperado perante um percurso que lhe não lhe permitia desenvolver ao máximo as suas potencialidades. Mais à vontade em “crono” duros, o “vice” vencedor da Volta a Portugal 2015, ainda assim fez o aceitável tempo de 46m50s, ou seja, mais 2m45s do que o vencedor Nélson Oliveira.
Este sábado, os Campeonatos Nacionais prosseguem com a disputa da prova de fundo sub-23. Nuno Bico é o único representante axadrezado na prova de 161 quilómetros, com inicío e término no Sameiro, após dez voltas. A partida, junto da estátua João Paulo II está prevista para as 15h00.
‪#‎rpboavista‬ ‪#‎radiopopular‬ ‪#‎boavista‬ ‪#‎nacionais‬ ‪#‎crono‬