Categorias
News

Ambições reforçadas em 2015

A equipa da Rádio Popular-Boavista apresentou-se oficialmente esta sexta-feira à massa associativa e adeptos numa cerimónia embebida de ambição e que relançou o repto da conquista da Volta a Portugal em Bicicleta.

Com um plantel de 11 elementos que manteve o seu chefe-de-fila, Rui Sousa – segundo classificado da última Volta a Portugal em Bicicleta – e se reforçou com a entrada das “promessas” David Rodrigues e Samuel Magalhães, a Rádio Popular-Boavista surge mais completa no aval do director-desportivo José Santos: “Mantemos o misto de veterania e juventude, facto que foi sempre um apanágio da equipa. Com o Rui Sousa, Célio [Sousa] e Vergilio [Santos] os nossos jovens podem aproveitar a sua experiência para conseguirem melhores resultados” frisou o responsável.


Na mesa de Honra da apresentação, estiveram presentes o Presidente da Direcção do Boavista, Dr. João Loureiro, o Presidente da Câmara Municipal do Porto, Dr. Rui Moreira, o Vice-Presidente da Câmara Municipal do Porto, Dr. Manuel Pizarro, o Presidente do Conselho de Administração da Rádio Popular, Engº Ilídio Silva, o Presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, Delmino Pereira, o Presidente da Assembleia Geral da Boavista Ciclismo Clube, Inspector Tavares Rijo e o Presidente do Boavista Ciclismo Clube, Professor José Santos.

No período de intervenções, Rui Moreira, presidente da Câmara Municipal do Porto e sócio do Boavista destacou a “honra em ter uma equipa de ciclismo na cidade”, frisando o repto de “trazer novamente a vitória da Volta a Portugal para o Porto”. Elogiando a perseverança do ciclismo no Boavista – “quando os outros grandes clubes já não tem ciclismo” – Rui Moreira destacou o plano singular da modalidade como um “desporto de equipa e como desporto individual que entusiasma a todos à passagem da caravana” relembrando os seus tempos de juventude e como era “impossível escapar ao apelo da Volta a Portugal”.

O mesmo responsável saudou “o projecto de longa duração do ciclismo no Boavista” e o “ecletismo que reina no Boavista”.
João Loureiro, presidente da Direção do Boavista Futebol Clube, agradeceu o esforço da dupla Tavares Riijo e José Santos, assim como a sponsorização da Rádio Popular e que permite ao Boavista ser o mais “ecléctico clube da cidade”.”O Boavista é uma invenção, ouvia-se em tempos, e a verdade é que somos a prova que com o pouco se pode fazer muito,seja no ciclismo, no futebol ou nas restantes modalidades do clube”.

Por sua vez, o engenheiro Ilídio Silva, em representação da Rádio Popular agradeceu a “excelente época” de 2014 e, sobretudo, a “garantia de um projecto sério, ético e com futuro” que jaz na base da Rádio Popular-Boavista.

Tavares Rijo elogiou a parceria com a Rádio Popular, a reforçada ligação aos dirigentes autárquicos e a “escola” que é a instituição axadrezada, dando como melhor exemplo, o actual presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo que, após representar o Boavista durante 14 anos – “Veio com 18 anos e formou-se um homem” – ascendeu ao topo da hierarquia da modalidade.

José Santos, presidente do Boavista Ciclismo Clube e director-desportivo da Rádio Popular-Boavista frisou a ambição reencontrada com os pergaminhos do clube e que já levaram à conquista de duas edições da Volta a Portugal lançando o repto aos representantes da cidade no acolhimento da abertura ou conclusão de uma etapa da Volta a Portugal, assim como a recuperação das antigas Pistas do Estádio do Lima e da Rainha Dona Amélia, nas traseiras do Museu Soares dos Reis.

Rui Sousa, em representação do colectivo, frisou como mote para a época que se inicia a 18 de fevereiro na Volta ao Algarve, “a discussão dos lugares cimeiros das principais corridas e, sobretudo, da Volta a Portugal”, elogiando a entrada dos novos reforços “como elementos de valor e que irão ajudar a fazer a diferença”

Foto: CM do Porto