Categorias
News

Alberto Gallego foi a pantera de serviço

O mais combativo em vésperas da quarta etapa da Volta a Portugal, a chegada ao alto da Sr.ª da Graça é o espanhol Alberto Gallego. Novamente em fuga foi ao pódio no final da terceira etapa, em Fafe

Depois da inesperada fuga na etapa inaugural da Volta a Portugal, a caminho de Bragança, Alberto Gallego voltou a estar em destaque, ao ser o eleito o mais combativo da terceira etapa, que uniu Boticas e Fafe, com a vitória a pertencer ao italiano Davide Vigano (Idea). O espanhol natural da pequena localidade de Don Benito, na Extremadura atacou ao km 79 para ser alcançado a somente quatro quilómetros do risco, uma vez mais, tal como em Bragança, já dentro do circuito final. Gallego somou mais 90 quilómetros em fuga, inicialmente composta por cinco elementos e, mais tarde, a partir do km 138, na companhia de Domingos Gonçalves, da Efapel. O entendimento do duo fez-se até à primeira passagem por Fafe, com Gallego a acelerar na última subida antes da meta na tentativa de antecipar a provável chegada em pelotão. A iniciativa de Gallego, gorada a quatro quilómetros do objetivo, garantiu-lhe o triunfo nas metas-volantes de Vieira do Minho e de Fafe, além do triunfo na contagem de montanha de Golães. Em termos classificativos, diante do triunfo do italiano Davide Vigano, o melhor axadrezado do dia foi Rui Sousa, no 13.º lugar. Já o camisola amarela Gustavo Veloso (W52), segundo na chegada, reforçou com seis segundos de bonificação o comando da classificação geral individual. Nesta tabela, Rui Sousa é 14.º, a 1m00s, logo seguido por César Fonte, 15.º.

Este domingo disputa-se a primeira etapa verdadeiramente seletiva, com a chegada à Sr.ª da Graça. Desde Alvarenga (Arouca) sobe-se a Bigorne (47,7 km, 3.ª cat), ao alto da Cumieira (94,1 km, 3.ª cat) e à Barragem do Alvão (114,6 km, 1.ª cat), antes da descida para Mondim de Basto em direção à subida final coroada ao quilómetro 159,4 e cotada como sendo de 1.ª categoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *