Volta ao Algarve (2.ª etapa): Sanchez e Luís Gomes na fuga do dia

Daniel Sanchez e Luis Gomes estiveram em fuga na segunda etapa da Volta ao Algarve, rolando na frente do pelotão durante 120 kms, sendo alcançados após a passagem da primeira contagem do PM, onde Gomes foi segundo e Sanchez terceiro.
A etapa de hoje, considerada a mais dificil da prova, acabaria por não correr tão bem quanto o esperado, em termos de classificação final, mas acabou por revelar o espirito da equipa, quando os dois ciclistas da RP-BOAVISTA se envolveram nhuma fuga com mais cinco outros atletas.
Ganhando cerca de quatro minutos, ao km 50, a fuga acabaria por ser controlada pelas equipa da QuickStep e Katusha, que nunca permitiram que esta ultrapassasse a barreira dos quatro minutos.
” Estivemos atentos na parte inicial da etapa, com dois homens na fuga, mas acusamos a dureza da parte final da etapa . O Victor Etxebarria era o homem que esperavamos estar com os vinte primeiros no final, mas nem sempre corre como pretendemos. Vamos continuar com este espírito guerreiro, para as duas próximas etapas em linha” – palavras de Filipe Cardoso que admitiu poder estar em melhor momento, já na Volta ao Alentejo:
“Esta prova está a ser bem disputada, com bom ritmo, o que me vai permitir já estar em melhor nível na Volta ao Alentejo..”
A etapa acabaria por ser ganha pelo irlandês da QuickStep, Daniel Martin, com Exebarria na 34ª posição a ser o melhor da equipa, enqaunto a equipa se classificou na 13ª posição, entre 25 formações.

Sem respostas to "Volta ao Algarve (2.ª etapa): Sanchez e Luís Gomes na fuga do dia"


    Alguma coisa a dizer?

    Some html is OK