Volta ao Algarve (1.ª etapa): João Benta exprimiu raça da RP-Boavista

João Benta foi o último a chegar ao “aquartelamento” da equipa em Lagoa, chegou ao aeroporto de Faro por volta das 23 horas, mas hoje mal tinha sido dado o tiro de partida, em Albufeira para a primeira etapa da Volta ao Algarve, foi o primeiro a abalar, para um longa fuga de 150 kms.
Benta exprimiu bem o espírito de raça que a equipa quer imprimir ao longo da temporada, procurando não passar despercebida e ser parte interventiva das provas em que participa.
“Tinhamos instruções para estarmos na linha da frente nos primeiros kms e responder a todas as tentativas de fuga. Não foi preciso muito, pois logo à primeira tentativa a fuga pegou. Estou satisfeito com o meu desempenho, pois foram muitos kms na frente do pelotão, num percurso dificil e com muito vento. Acabei por não perder tempo e ter um bom lugar na geral, o que é sempre bom para uma melhor posição do carro de apoio. Começar bem a época é bom, pois dá- nos moral para futuro” palavras de João Benta no final da etapa, em Lagos, que continuou efusivamente com os colegas de equipa, no regresso ao hotel, em Lagoa.
Amanhã a prova ganha novo alento, com uma chegada dura e seletiva ao Alto da Fóia e onde os intervenientes na discussão serão outros. dos sprinters de hoje, onde Fernando Gaviria se impôs a Andre Greipel, passamos para os trepadores. Um primeiro teste, este um pouco mais a sério.
Todos os ciclistas da RP-BOAVISTA cortaram a meta em lagos integrados no pelotão, com Xuban Errasquin na 24ª posição a ser o melhor classificado. Coletivamente a equipa foi 11ª em 25 equipas.

Sem respostas to "Volta ao Algarve (1.ª etapa): João Benta exprimiu raça da RP-Boavista"


    Alguma coisa a dizer?

    Some html is OK